22 de dezembro de 2009

Ataque a Pearl Harbor


Os EUA estavam neutros na guerra até então, sempre tentando ajudar a Inglaterra, com suprimentos, equipamentos e outros, o presidente americano Franklin D. Roosevlet tentava contornar o Congresso Americano para realizar tal ajuda.

Os japoneses haviam invadido a China e outras ilhas do Pacífico, porque com o começo da guerra os EUA cortaram o envio de petróleo aos japoneses, que significava a maior fonte petrolífera dos japoneses. Por essa razão a invasão dessas ilhas, atrás de petróleo.

O Japão sabia que mais tarde ou mais cedo os americanos iam entrar na guerra, pensaram que para obterem vantagem necessitavam de um elemento surpresa e vantajoso. A base naval americana na costa do Oceano Pacífico, Pearl Harbor, nas ilhas havaianas de Honululu, concentrava parte considerável da frota naval dos Estados Unidos, acharam que um ataque ali, os americanos teriam grande parte de sua frota perdida, entrando na guerra em desvantagem e com uma forte ofensiva nipônica em cima das principais ilhas do Pacífico significaria grande dificuldade para os americanos. Mas em cima desse assunto, também existe uma teoria de conspiração, que na verdade é provada, que os EUA sabiam do ataque, e mesmo assim o deixaram acontecer, pois queriam entrar na guerra.

O ataque foi orientado por espiões japoneses na base de Pearl Harbor, coletando informações sobre a defesa e a localização dos navios americanos. Depois da preparação os japoneses deslocaram rapidamente seus porta-aviões para perto da costa americana, os japoneses haviam planejado um ataque anfíbio, com aviões torpedeiros, caças e bombardeiros.

Outro ponto que ajudou os japoneses foi que os radares daquela região, tinham um defeito, eles tinham menos chance de detectar alguma aeronave que voasse em altitude baixa, porém no dia do ataque foram detectados, porém confundidos com uma esquadra de aviões B-17 que estariam retornando do Pacífico, ou talvez não tivessem sido confundidos segundo a conspiração.

No dia 7 de dezembro de 1941, o Japão lança de seus 6 porta-aviões, 441 aviões, as forças japonesas também obtinham de 2 fragatas, 3 cruzeiros, 9 couraçados e 6 mini-submarinos. Os americanos obtinham de 8 couraçados, 6 cruzadores, 29 contra torpedeiros, 9 submarinos e 390 aviões, mas apenas alguns desses 390 aviões levantaram voo.

As baixas americanas foram de: 2403 mortos, 5 couraçados afundados; 3 danificados, 3 cruzadores afundados, 3 contra torpedeiros danificados, 188 aviões destruídos e 155 aviões danificados. Os primeiros navios americanos a serem afundados pelo ataque anfíbio nipônico foram: o Arizona seguido pelo West Virgínia, depois o Califórnia e o Nevada.

O ataque consistia em três baterias de ataques, porém duas foram lançadas.

O ataque a base de Pearl Harbor, significou grande abalo moral no povo, e no governo americano, um dia após o ataque, o presidente dos  EUA, Franklin D. Rossevelt declara guerra ao Império do Japão, e ao restante dos países integrantes do Eixo.


Related Posts with Thumbnails

Nenhum comentário: